Hoje é dia de celebração.


Celebrar sua saúde, seu discernimento, sua vida.Há 15 anos, a gente se viu pela primeira vez. Eu estava com 30 anos e apesar da idade, umtanto imatura e sem conhecer muitas coisas sobre a vida, quase nada sobre mim e absolutamente nada sobre criar alguém.Nosso reconhecimento não foi fácil, pra nenhum de nós dois.Teve dor, teve choros, teve estranhamentos, teve cansaço, teve desespero.Mas também teve amor, teve colo, teve peito, teve paciência, teve cumplicidade para aprendermos juntos.Desde muito cedo, honrei a nossa coragem de seguir em frente e nos oferecermos um para o outro o nosso melhor naquele momento. Te confesso que hoje, eu faria tudo ou quase tudo bem diferente, mas o tempo não volta. O que temos agora é o presente e nele, só tenho a agradecer. Apesar de querer que as coisas fossem diferentes nesse momento de agora, minha medicina de aprendizado é exercer à todo instante, a aceitação. E além dela, a honra em ter sido o portal para a sua chegada nessa vida.
Que Deus guie seus passos com a Vossa Luz e Maria nos ampare, hoje e sempre.
E que seja cumprido o nosso acordo, quando estávamos nós dois, ainda em outro plano, sob os braços de Jesus. 
Te amo, mamãe.

Comment