A avó de vocês três, minha mãe, cuidava de 153 crianças na Febem de Batatais. 150 órfãos e 3 biológicas: eu, Rogerio Quintela e Rodrigo. Às vezes eu sentia ciúmes dela, às vezes não queria dividir o lanche com eles, às vezes eu queria a minha mãe só pra mim, às vezes o cheiro de crinolina do dormitório, me dava medo e solidão. Já adulta, entendi muita coisa. Entendi que o compartilhar e os valores, você não fala, mostra. Você não ensina, vive. E hoje eu e meu irmão temos cada um o seu Instituto, e lutamos por um mundo melhor. O Instituto de Judô Rogério Quintella e o Instituto A Nossa Jornada. :)

Porque acreditamos no ser humano.

Comment