Chegou a nossa hora de dizer adeus. Você foi minha grande companheira durante 10 anos. Sua compra foi assunto de uma sessão inteira de terapia. Com você vivi os momentos mais lindos e os mais difíceis da minha vida. Minha amiga de uma década. Quando eu não sabia como ir, ia com você, quando não sabia pra onde ir, ia com você. Quando não sabia com quem ir, ia com você. Você foi testemunha do começo de um casamento e de dois terminados. Você esteve comigo nos encontros mais inesquecíveis que tive, nas paixões avassaladoras e nos desencontros mais dolorosos e inexplicáveis. Juntas assistimos dezenas de filmes, fomos à shows inesquecíveis, viajamos o tanto quanto pudemos e você foi a estrela no meu último comercial de TV, há 3 meses. A figurinista preferiu você às 10 outras que ela levou pra mim. (claro, mal sabia ela
que somos praticamente a mesma pessoa) Parece que você sabia da nossa separação. Estava chegando a hora da despedida. Você foi o meu guia de emagrecimento nas duas gerações que você me acompanhou. Porque quando a barriga chegava de vez, você era dobrada com amor e dava lugar às calças para gestantes. Depois que os bebês nasciam, eu amamentava e era você a minha meta para a volta do meu corpo numero 40. E voltava. Só pra te ter de novo em mim. 
E era minha alegria. Ontem chegou o nosso fim. No meio de um show lindo, a gente se olhou e entendi que acabou. Você começou a desmanchar no meu corpo, literalmente. Rasgou em lugares ainda estavam inteiros e eu só te pedi pra esperar chegar em casa, porque eu já não tenho mais idade de ficar de calcinha por aí. E você entendeu. E hoje, vou te dobrar e te guardar como se guarda um grande amor. #diesel #adeusmeuamor

 

1 Comment