Eu sou a Renata e moro no  701, com o Theo de 12 anos, o Levi que tem 7 e a Gaia que tem 5.
Moramos nós 4, há 2 anos e meio.
Nosso apartamento é alugado e fica bem abaixo do salão de festas, onde vocês fizeram a festa de inauguração da chegada de vocês no prédio.
No último sábado, achamos que nosso teto ia desabar, porque o gesso colocando pelo proprietário se mexia com a música e alegria dos seus convidados.

Alegria que fiquei triste em ter que pedir para que vocês parassem com ela, já que a vida muitas vezes, dá umas porradas na gente.

Adoramos festas, mas festas que começam e que terminam cedo, porque as crianças ainda são pequenas e precisam descansar, para o mundo que elas vivem todos os dias.

Depois de horas tentando dormir, já eram 3 horas da manhã, quando a Gaia, acordou chorando e me chamando, perguntando se estava tendo um terremoto.
Foi quando parei meus estudos sobre Ética e Cidadania - vejam vocês - já que tinha desistido de dormir e fui bater na porta do salão para perguntar quem era o dono da festa.

Me deparei com gente feliz, colorida e brilhante. Mas pedi que paracem de dançar, porque a gente precisava descansar.

Às 4h00, a festa acabou. Mesmo tempo em que a vizinha do 702 - bem mais amarga e indignada - conseguiu falar com a polícia.

Nós conseguimos dormir às 5h00 e às 7h00 eu saí para um trabalho voluntário numa comunidade muito carente, há 40 minutos da minha casa e pensei:

- Os donos da festa com certeza estão dormindo e a pior ressaca é a ressaca da festa dos outros, em que a gente não teve escolha.

Escrevo para dizer, que não deixem de comemorar a vida.

E quanto mais cedo, melhor. Principalmente se for no salão de festas, em cima de nossas cabeças.

;)Sejam bem vindos.

Renata, Theo, Levi e Gaia.
Apt. 701

Comment